quarta-feira, 29 de junho de 2011

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Coluna no Jornal DC Gastronomia - Beto Barreiros

O Troféu Tainha agradece esta sitação em sua coluna.

Clicks da Semana

Visita do Jornal do Almoço na Praia da Logoinha

Figura Marquinho

Maior Lanço do ano Lagoinha

Albenair Filando a sua tainha

Praia Brava


História

Praia Brava

É uma praia que se estende desde a Ponta da Feiticeira, que a separa da Praia dos ingleses, indo até a Ponta da Bota, a Sudoeste.

Localiza-se no Distrito de Cachoeira do Bom Jesus, e aberta ao norte de característica oceânica. Apresenta ondas bravias, daí a denominação, com forte repuxo, e que só deve ser frequentada com muito cuidado, e, para quem tenha bom domínio de mar.

Águas límpidas, com muita salinidade, e de temperatura agradável. Sua areia é finíssima e macia, oferecendo encantador visual. Possui quebra ondas, com poços profundos, e depois o fundo do mar segue com suave declive. É piscosa e possui excelente infraestrutura.

Usos e Costumes da Praia Brava Florianópolis SC

Tivera, primitivamente, pouca utilização, e de pesca, com as embarcações vindas pelo mar, e de outras praias. Nos costumes, era uma praia temida pelos pescadores, dada as suas bravias ondas, e mar como, diziam, de fundo "falseado".

Seu uso tomou vulto com a implantação de um empreendimento de turismo no local, e além de ofertas de residências turísticas, oferece hotéis e restaurantes, possuindo um pequeno número, de moradores permanentes.

Dimensões
Extensão - 920 metros

Largura - 10 a 150 metros




Ficha Técnica:

Total de Canoas: 6 de 4 remos (Praia Brava I, II, III, IV, Rainha da Praia I e Feliz nas Ondas).

Total de Redes: 6 (1 de 400 braças, uma 250, uma 600 e duas de 500 braças.).

Total de Pescadores: 35

Total de Vigias: 4 (Camarão, Julho, Joceli e Geovani) 2 do canto do repuxo e 2 no canto da feiticeira.

Total de Patrões: 2 (Anilton e Sergio).

Proprietário das Embarcações: Vilmar Santos.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Ranking Parcial Troféu Tainha 03





Pantano do Sul



HISTÓRIA

A Praia da Armação do Pântano do Sul ou simplesmente Armação é uma praiabrasileira situada na cidade de Florianópolis, no estado de Santa Catarina.

Localizada a 25 quilômetros do centro de Florianópolis, convive com o fluxo turísticoe os praticantes de surfe. Atualmente, é um dos principais núcleos de pesca artesanal de Florianópolis.

O nome Armação surge da antiga atividade econômica, a produção de óleo debaleia para a iluminação urbana. Além do óleo, outras partes do cetáceo eram aproveitadas, como a carne, a gordura e até as barbatanas. Com isso, a pesca predatória levou à quase extinção do animal. Atualmente, as baleias franca são fortemente preservadas e o turismo de observação é fonte de renda para Santa Catarina.

No aspecto histórico, a Igreja de Sant'Anna, construída em 1772 é a principal atração. No local, os arpoadores e tripulantes das baleeiras se confessavam e ouviam missa antes da pesca começar. Em seguida, o sacerdote descia à praia para benzer as embarcações que iam para o mar. Da igreja original, praticamente nada mais resta, embora ainda conserve muitas características da reforma feita em 1838. Outra reforma, realizada em1948, modificou totalmente a fachada original do prédio.



(Nenem Idealizador do Projeto com Dona Maria Martinha)

(Dona Martinha com Dona Ilda Vieira uma das ultimas benzedeira da Ilha)


(Armando e Irmão Arantinho)




Ficha Técnica:

Total de Canoas: 7 canoas de 4 remos (Zé Gancheiro, Osmarina, Camila, Izabela Catarina, Mariposa, Terezinha, Espirito Santo).

Total de Redes: 7 (5 de 300 braças, uma 370 e outra de 400 braças.)

Total de Pescadores: 250

Total de Vigias: 6 (Sérgio, Zeca, Piranha, Roberto, Toninho, Carlinho)

Total de Patrões: 6 (Célio, Armando, Dida, Zequinha, Nilson, Cachaça, Barrinha).

Proprietário das Embarcações: 4 Canoas Arantes,